quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

Os vencedores e derrotados do longo ciclo eleitoral norte-americano

 O processo político em torno das últimas eleições norte-americanas terminou com a tomada de posse de Joe Biden como o 46º Presidente dos Estados Unidos. No entanto, as polémicas vão continuar porque o antecessor prometeu que iria regressar em breve. Neste momento, ninguém sabe o que isso significa porque terminou um ciclo eleitoral. Os vencedores devem ser recompensados e os derrotados pensarem nos erros que cometeram. 

O democrata Joe Biden foi o principal vencedor do acto eleitoral porque regressou à Casa Branca como o líder do mundo livre. O resultado no dia 3 de Novembro não foi a única vitória, já que, também conseguiu ultrapassar todos os problemas causados pelo adversário, tendo mantido uma postura correcta durante o processo. A manutenção da maioria na Câmara dos Representantes e o triunfo no Senado permitem uma presidência sem sobressaltos em termos das relações com as outras instituições. Contudo, vão existir bloqueios por parte dos progressistas que pretendem implementar as medidas que defenderam na campanha. 

Não há dúvidas que Donald Trump perdeu as eleições, apesar da retórica sobre as irregularidades. Os casos apresentados publicamente demonstram que existem problemas relacionados com a integridade do acto eleitoral da democracia mais pura do mundo. As questões levantadas pelo antigo Presidente podem ser importantes para que se evitem mais situações no futuro. Apesar da derrota pela mesma margem com que ganhou o colégio eleitoral em 2016, o antigo Presidente norte-americano conquistou 74 milhões de eleitores que vão continuar a seguir a mensagem numa plataforma digital e através de um canal de televisão. 

Sem comentários:

Share Button