sexta-feira, 2 de agosto de 2019

As quatro conclusões do segundo debate para as primárias democratas

O segundo debate com os candidatos democratas nas primárias do próximo ano foi o último que contou com a presença de todos, já que, no terceiro que se realiza em Setembro só poderão participar os que chegarem a um determinado patamar de donativos. 

No final de mais duas rondas em que se efectuaram várias perguntas sobre os temas do momento foi possível chegar a quatro conclusões. 

O primeiro destaque é a participação positiva de Elizabeth Warren. A candidata mostrou fortes argumentos para se distanciar dos adversários, sobretudo de Bernie Sanders. Contudo, haverá uma possibilidade de os dois juntarem esforços durante as primárias. O senador do Vermont dificilmente consegue a nomeação, pelo que, pode ser uma excelente escolha para a a vice-presidência de forma a conquistar os eleitores de esquerda. 

Os dois debates permitiram uma boa prestação a alguns candidatos mais jovens, embora tenham muita experiência política. A forma como transmitem as ideias nas redes sociais possibilita que cheguem a milhares de pessoas, mas a actuação no palco necessita de outra exigência. Cory Booker, Beto O´Rourke, Peter Buttigieg e Tulsi Gabbard representam uma renovação positiva num partido que ficou demasiado na mão de Obama nos últimos anos. Os candidatos estão nesta eleição com o pensamento em 2024 onde será mais fácil conquistar a Casa Branca. Contudo, o desgaste da campanha pode colocá-los no esquecimento dos americanos no futuro.

A última intervenção de Cory Booker foi desastrosa porque o pedido de impeachment vai originar uma reacção negativa em Trump. A partir de agora o Presidente tem legitimidade para virar os insultos contra os concorrentes.

Por fim, a desastrosa participação de Joe Biden, apesar de ser notório a superioridade intelectual e experiência relativamente aos restantes. O antigo Vice-Presidente deveria ter concorrido em 2016 para manter as políticas da administração,  O problema é que Obama foi decisivo para Hillary Clinton ficar com o caminho livre, e vai ser responsável por duas derrotas consecutivas.

Sem comentários:

Share Button