quinta-feira, 30 de março de 2017

Ano 2009: Figo arruma as botas e CR7 torna-se galáctico

No futebol sempre houve grandes acontecimentos e o ano de 2009 não foi excepção. 

As duas grandes figuras do nosso desporto-rei, além de Eusébio estiveram em destaque por duas razões distintas. 

A primeira por ter terminado a carreira e a segunda por ter dado um passo importante rumo a uma carreira brilhante. 

Luís Figo pendurou as chuteiras em 2009 depois de vários anos ao serviço do Inter de Milão. O Bola de Ouro conquistou o mundo do futebol, sobretudo Espanha onde actuou ao serviço do Barcelona e Real Madrid. O jogador protagonizou uma transferência que provocou inimizades entre os dois maiores clubes espanhóis e alimentou a imprensa durante anos. Figo também protagonizou uma grande carreira ao serviço da selecção nacional, mas não ganhou qualquer título. Em 2004 esteve perto de conseguir o objectivo.

A transferência de Cristiano Ronaldo do Manchester United para o Real Madrid foi o início de uma carreira brilhante para o madeirense. O valor de 94 milhões é um recorde mundial e beneficiou o jogador por ter coleccionado vários títulos individuais, As conquistas individuais são mais que os troféus conquistados pelo Real Madrid. Se somarmos tudo, CR7 tem espaço para colocar tudo no museu. 

Sem comentários:

Share Button