Etiquetas

quinta-feira, 23 de março de 2017

A Rússia e o sistema de saúde são batalhas perdidas por Trump

O presidente norte-americano vai ter que deixar cair dois aspectos do projecto político. A aliança com a Rússia e o novo sistema de saúde. 

As confirmações das agências de segurança sobre as ligações de Trump aos russos na recente campanha eleitoral é o maior problema político. A partir deste momento, não há mais condições para estabelecer relações privilegiadas com Moscovo porque a ideia que transparece é de Putin ter Trump na mão. 

A única saída para o Chefe do Estado norte-americano é escolher um novo amigo externo. As relações com a Rússia podem ser diferentes do que aconteceu no mandato de Obama, mas já não pode haver contacto especial.

Nunca se vai saber a verdade total sobre a relação do empresário com Moscovo. O problema é que a opinião pública e publicada já está a ser contaminada, pelo que, a única forma de Trump continuar em alta passa por tratar a Rússia como um parceiro igual aos outros.

A revogação do Obamacare também é uma batalha perdida para Trump. A forma como ameaçou os congressistas republicanos é mais um sinal de autoritarismo. As posições adoptadas confirmam que o Congresso vai ser o principal opositor do Presidente. Mesmo que o Obamacare seja revogado, também não há certeza que o novo sistema de saúde seja aprovado. 

O líder norte-americano enfrenta inúmeros desafios nos primeiros meses de mandato. Não haverá cheques em branco, apesar da maioria republicana na Câmara dos Representantes e no Senado, que não gosta de ser ameaçada.

Sem comentários:

Share Button