Etiquetas

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Um presidente sem amigos externos

O primeiro inimigo externo do Presidente norte-americano chama-se México. 

Os mexicanos vão ter que sofrer com as novas políticas da Casa Branca por causa das promessas eleitorais. Trump ganhou muitos votos ao se ter colocado contra os mexicanos e muçulmanos, tendo poupado as outras minorias.

Não acredito que os Estados Unidos consigam crescer política e economicamente se actuarem sozinhos. Ou seja, tendo em conta que o Canadá também não é o maior aliado de Trump, os Estados Unidos ficam sem amizades para beneficiar a região.

A actual política externa norte-americana não terá em consideração promover o cescimento da América do Norte numa altura em que os vizinhos do Sul tentam efectuar reformas políticas e económicas com a ajuda da União Europeia.

Será interessante verificar quais são as principais prioridades do presidente relativamente às alianças externas, sendo quase provável, uma aproximação à Rússia e o apoio à causa israelita contra a Palestina.

Quase apetece escrever que Trump começou o mandato sem amigos externos..

Sem comentários:

Share Button