Etiquetas

sábado, 28 de janeiro de 2017

Figuras da Semana

Por Cima

Adama Barrow - O vencedor das eleições presidenciais na Gâmbia voltou a casa depois de ter estado exilado durante pouco tempo no Senegal. Apesar de ter feito o juramento na embaixada daquele país, Barrow terá direito a uma tomada de posse junto da população. A resistência de Barrow mostra que a democracia continua a triunfar. 

No Meio

Donald Trump - Na primeira semana como presidente dos Estados Unidos confirmou que iria construir o muro na fronteira com o México. O problema é que o decreto presidencial pode não ser suficiente para lançar as pedras ou acabar a parede que afinal já estava de pé. Trump cumpriu a promessa, mas fica a ideia de que se trata de uma nova promessa semelhante ao encerramento de Guantanamo. A medida é má, embora o pior seja a ilusão que vai mesmo para a frente.

Em Baixo

António Costa - O primeiro-ministro obteve a primeira derrota do ano com o chumbo da TSU. O pior são as culpas esfarrapadas de Costa sobre o PSD, passando com uma esponja as posições do PCP e BE. O líder socialista fica numa posição desconfortável porque há-de chegar o dia em que tem de se virar contra os parceiros parlamentares que já causaram enormes problemas. No entanto, a primeira reacção será ceder aos interesses bloquistas e comunistas como se viu nas cedências das reformas laborais. Costa faz o mesmo jogo de Sócrates e vai atrás do discurso de PCP e BE contra o PSD. Quem fica sempre a perder é o governo.

Sem comentários:

Share Button