Etiquetas

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

O poder do futebol e da política

Os dois assuntos são motivo de interesse por parte dos portugueses, sendo também alimentados pela comunicação social. 

Os inúmeros debates políticos e sobre futebol que passam na TV alimentam a discussão entre as pessoas.

O problema é que existe falta de racionalidade ou educação na troca de argumentos. Isto é, a clubite ou o partidarismo cega qualquer troca de ideias entre as várias partes, levando a excessos de linguagem e comportamentos. 

As cenas que se assistem nos ecrãs é um sinal preocupante na nossa sociedade porque demonstra aquilo que é evidente.Os dois sectores conseguem oferecer poder que dificilmente pode ser perdido. Neste caso, o poder é revelado de várias formas, sendo que, a principal é a de influenciar os outros, mas também arranjar empregos e meios de subsistência financeiros. 

Por esta razão, existe cada vez mais um discurso agressivo com trocas de palavras e insultos entre as pessoas em pleno ecrã. O pior é verificar que são os principais responsáveis dos partidos e dos clubes que promovem as guerrilhas, transmitindo aos adeptos e militantes a raiva que sentem em relação ao outro. 

Sem comentários:

Share Button