Etiquetas

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Turquia fora da União Europeia

A suspensão ou o fim das negociações entre a União Europeia e a Turquia para a adesão surgem numa altura de mudanças na Europa, nos Estados Unidos e no próprio país.

A mudança de comportamento dos responsáveis europeus também está relacionado com a eleição de Trump para a Casa Branca, já que, os Estados Unidos deixarão de ter Istambul como principal aliado por causa da situação na Síria. 

A Turquia não cumpre os requisitos políticos e económicos para ser membro da União Europeia. O regime de Erdogan continua a ser dono de todas as operações. A forma como o governo turco reagiu ao ameaçar abrir a fronteira com a Europa para deixar passar os refugiados. De facto, Istambul continua com uma atitude ameaçadora perante mais um fracasso diplomático. 

O problema não está apenas relacionado com a falta de reformas políticas, mas com a atitude demonstrada pelos dirigentes, sobretudo pelo Presidente Erdogan porque ainda não estabeleceu as prioridades. A Turquia tem estado em todos os lados, Isto é, ou está com ou contra o Ocidente para não melindrar os interesses que tem na Europa e no Médio-Oriente. 

A posição assumida está longe de ser neutra, além de ter problemas sérios com o terrorismo devido às políticas que tem adoptado, em particular com os curdos. Erdogan tem de mudar muito se quiser ter outras oportunidades políticas. 

Sem comentários:

Share Button