domingo, 23 de outubro de 2016

Olhar a semana - A insatisfação dos sindicatos

Os primeiros sinais de descontentamento dos sindicatos contra o actual executivo surgiram neste semana por causa do não aumento dos salários dos trabalhadores da função pública. 

A reivindicação de sempre não está a ser ouvida pelo governo que iria acabar com a austeridade e baixar-se perante as exigências dos sindicatos. Afinal há mais espinhos do que rosas...

O PCP também vai insistir no aumento de 10 euros das pensões, medida que foi aceite pelo governo, mas abaixo da metade. 

As propostas da esquerda que suporta o primeiro-ministro já não fazem parte das preocupações de Costa, apenas um ano depois da tomada do poder. Os problemas não poderiam ter surgido em pior altura por causa das eleições autárquicas, onde candidatos comunistas vão apelar ao voto com base nos incumprimentos dos socialistas. 

A esquerda reclama mais aumentos e a direita está insatisfeita pelo aumentos de impostos e a manutenção da sobretaxa. De que forma vai escapar o governo?

Talvez fazendo acordos com o PCP para calar os sindicatos, embora a paciência começa a esgotar-se. O chefe do governo começa a ter pouca margem para justificar o não cumprimento daquilo que foi prometido, sendo que, as obrigações com Bruxelas são uma desculpa que o BE e o PCP não engolem. O cumprimento do défice também é pouco porque isso é uma tarefa obrigatória de todos os executivos.

Sem comentários:

Share Button