Etiquetas

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

O último fôlego de Trump

O debate acabou por ser mais interessante para os amantes da política, sendo que, os adeptos do sound byte também não ficaram a perder. já que, também houve lugar a troca de acusações, embora com menos intensidade do que no último debate. 

Na minha opinião, Trump esteve melhor que Hillary Clinton porque tem um projecto diferente e sabe aproveitar o descontentamento com algumas políticas de Obama. O empresário tem razão quando culpa o actual Presidente pelo crescimento da iinfluência de Moscovo na Síria, destacando o papel que o Irão também vai tendo. Isso acontece porque os Estados Unidos lidaram mal com a questão da manutenção de Assad no poder e agora percebem que existem países com mais força na região. 

Nos outros assuntos foi notória a divergência entre os candidatos, sobretudo no aborto e na imigração. No último aspecto, Clinton também não aceita a abertura de fronteiras, mas como está em campanha eleitoral tem uma opinião diferente. Trump ainda não explicou como vai deportar os imigrantes ilegais. 

Como disse, houve tempo e espaço para troca de palavras mais acesas porque havia um tema chamado "Fitness to be President" para esclarecer este tipo de questões. Clinton não conseguiu atingir o adversário com as notícias das acusações sexuais. Por outro lado, o empresário levantou mais uma vez o problema dos emails, dizendo que houve uma reunião entre Bill Clinton e o procurador-geral da República para limpar o caso. Todos têm telhados de vidro, mas a forma como se tenta prejudicar o outro tem dado pontos à antiga secretária de Estado norte-americana. Neste confronto, Trump transmitiu melhor a mensagem. 

Se o republicano der uma imagem mais tranquila e segura ainda pode recuperar porque faltam três semanas.

Sem comentários:

Share Button