segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Reentradas

Os discursos políticos da chamada "rentreé" seguem a mesma linha daquilo que ouvimos durante o último ano. A boa retórica de Passos Coelho será um entrave ao esforço realizado por Assunção Cristas de tentar agarrar quem a ouve. Jerónimo de Sousa continua com as mesmas ideias de sempre, só alteradas pela necessidade de chegar a um acordo com o PS para o próximo Orçamento de Estado.

O debate político e as diferenças vão aumentar devido à proximidade das autárquicas. 

Nos discursos dos líderes partidários, nota-se que Passos Coelho e António Costa mais os partidos da esquerda têm visões diferentes para o país. As propostas do líder social-democrata cabiam bem na presidente do CDS, que tenta mostrar propostas diferentes do PSD.

Como tem sido habitual, o novo ciclo político que culmina com as eleições autárquicas não trouxe nada de novo. Não seria de esperar outra coisa porque continuamos a ser dirigidos pelas mesmas pessoas. 


Sem comentários:

Share Button