Etiquetas

terça-feira, 6 de setembro de 2016

Novas formas de transmitir a mensagem política

A eleição de vários jovens activistas para o parlamento de Hong Kong é um sinal de vitalidade das novas plataformas digitais. A mensagem chega mais rápido ao destinatário e não corre o risco de ser interceptada.

A luta contra o poder instituído já não se faz apenas nas ruas através das tradicionais manifestações que acabam por ter várias interpretações. Uns dizem que correu mal ao governo, outros lançam estatísticas que provam o contrário. O público não consegue ficar totalmente esclarecido.

O objectivo dos activistas não é apenas transmitir a mensagem internamente, mas ter impacto internacional. As revoltas só têm expressão se a comunidade internacional reagir aos acontecimentos. Não é por acaso que a informação chega ao mesmo e pelas mesmas vias às populações locais, mas também ao resto do Mundo. No fundo, o momento é vivido por todo o mundo. 

A existência de formas digitais para passar a mensagem política visa obter uma opinião favorável sobre os motivos da revolta por parte da comunidade internacional porque já não é suficiente produzir alterações internas.

Sem comentários:

Share Button