sábado, 10 de setembro de 2016

Figuras da Semana

Por Cima

Theresa May - A primeira-ministra britânica tem gerido muito bem a questão do Brexit, em termos internos e internacionais. May está a sofrer pressão por parte da oposição para novo referendo e no plano externo para invocar imediatamente o Artigo 50 do Tratado de Lisboa. Os partidos britânicos também querem mais esclarecimentos sobre as condições de saída. A chefe do governo não se tem precipitado nem mostrado arrogância perante os opositores internos e externos. Uma postura exemplar de uma primeira-ministra que com menos de três meses no cargo.

No Meio

Donald Tusk - Os responsáveis europeus continuam a fazer pressão sobre o Reino Unido. A Europa tem pressa em avançar sem os britânicos. É legítimo o pedido constante feito pelos dirigentes, mas ninguém sabe quais são as consequências. Isto é, qual a razão de tanta pressa se a União Europeia nunca pensou no plano B que passou a ser o plano A?

Em Baixo

Pedro Sánchez - O líder do PSOE continua apenas interessado em salvar a pele, apesar de duas derrotas eleitorais consecutivas. Sánchez tenta uma nova fórmula para passar o programa do governo parlamento espanhol. Pede ao Ciudadanos para não votar contra um acordo celebrado entre o PSOE e o Podemos, sem ter qualquer compromisso com o partido liderado por Pablo Iglésias. Ora, Sánchez não tem nada, mas já está a pedir que os partidos assumam posições, sem se saber quais são as ideias e propostas dos socialistas. O mais grave nisto tudo foi ter telefonado pessoalmente a Rajoy para lhe dizer que não conta com o PP. Por estas razões percebemos porque o líder não consegue vencer eleições.

Sem comentários:

Share Button