domingo, 11 de setembro de 2016

Espanha continua sem solução de governo

A crise política em Espanha domina a atenção internacional. O programa do governo de Mariano Rajoy não passou no parlamento espanhol, cabendo a Pedro Sánchez tentar formar uma maioria que sustente um executivo. O líder do PSOE pretende a solidariedade do Ciudadanos e o apoio do Podemos para governar. A data limite para Sánchez conseguir o impossível é 31 de Outubro, senão haverá novas eleições em Espanha, talvez em Dezembro, o que seria um feito inédito na democracia do país vizinho.
A China avisou os jovens deputados eleitos para o Conselho Legislativo de Hong Kong que não vai permitir manifestações a favor da independência. No entanto, os responsáveis dos movimentos democráticos prometem dar luta ao regime chinês, já que, garantiram deputados suficientes para alterar alguns preceitos constitucionais. A revolução que começou nas ruas conseguiu chegar ao parlamento.  Continua

Sem comentários:

Share Button