Etiquetas

domingo, 31 de julho de 2016

Olhar a Semana - Protegida pela elite

A Convenção Democrata demonstrou que o Partido Democrata vai dar o corpo às balas por Hillary Clinton para disfarçar alguns problemas de popularidade. 

O apoio de Barack Obama será muito importante porque o actual presidente norte-americano ainda tem níveis alto de aceitação junto da população. Numa altura em que a Casa Branca pode ficar entregue a alguém que não reúne as características essenciais de um Chefe do Estado, a mensagem de Obama tem mais impacto do que a da candidata. No entanto, a grande novidade surge do lado de Bernie Sanders.

Durante as primárias, o senador do Vermont prometeu ir à Convenção para defender as ideias da campanha, mas houve uma reviravolta devido à influência de Obama. Neste momento, a mensagem tem de ser sempre a mesma e Sanders foi claro quando disse que a vitória de Clinton seria importante para evitar que Trump conquiste o poder. 

Na Convenção de Filadélfia verificamos que Clinton continua bem protegida pela elite democrata, o que será fundamental nas alturas em que Trump estiver ao ataque. De facto, os democratas responderam muito bem aos ataques dos republicanos que pediam a prisão da candidata por causa do escândalo do email. 

A entrada em cena de dois antigos presidentes democratas, um deles é Bill Clinton, é um trunfo sobre o adversário que não tem qualquer ex-presidente republicano consigo. 

Apesar de todos os erros cometidos, dos escândalos que surgiram em público e da falta de popularidade, Clinton tem garantida a defesa por parte dos aliados, preocupando-se apenas em fazer passar a mensagem nos comícios. 

Sem comentários:

Share Button