Etiquetas

segunda-feira, 18 de julho de 2016

O maior dilema do mandato de Barack Obama

A tentativa de golpe de Estado na Turquia abriu um enorme problema para Barack Obama. O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, colocou o homólogo norte-americano entre a espada e a parede ao pedir a extradição de Fethullah Gulen, que se encontra na Pensilvânia. 

Os Estados Unidos não podem prescindir de um aliado como a Turquia por causa do combate ao Estado Islâmico, mas também porque são o único amigo naquela região do globo, que tanto odeia a bandeira norte-americana. No entanto, se Obama cede às pressões de Erdogan também vai enfurecer a Europa, mas sobretudo, ser responsável por um eventual banho de sangue na Turquia. 

Nesta situação, Obama não pode deixar de decidir, sendo que, qualquer medida será negativa para os Estados Unidos. Ou seja, uma dor de cabeça que nenhum presidente quer ter, e, talvez o maior dilema do mandado do actual presidente em vésperas de abandonar a Casa Branca. A opção de passar o problema para Trump ou Clinton não está em cima da mesa porque a população e o governo turco pretendem rapidez porque é necessário calar a oposição. 

As relações entre a Turquia e os Estados Unidos estão em causa devido à pressão de Erdogan. 


Sem comentários:

Share Button