Etiquetas

terça-feira, 7 de junho de 2016

Vencedores e vencidos das primárias

As primárias na Califórnia, Nova Jérsia, Novo México e nos dois hemisférios do Dakota marcam o fim das primárias. A partir de agora os nomeados estão concentrados nas Convenções e na campanha para as eleições gerais em Novembro. Neste momento, Trump e Clinton contam com apoios importantes. O empresário conseguiu convencer Paul Ryan, que é a cabeça do establishment republicano e Clinton deve ficar com o suporte de Obama no final da semana. O caminho para a nomeação foi difícil para ambos, embora a antiga secretária de Estado tenha sido uma desilusão porque permitiu a Bernie Sanders sonhar com a vitória até final. Veremos quem fica com o protagonismo na Convenção em Filadélfia. 

Na minha opinião o grande vencedor das primárias foi Donald Trump. O empresário sempre foi visto como o patinho feio desde que anunciou a candidatura no Verão de 2015. Aos poucos as sondagens deram razão aos apoiantes e financiadores. No final de Março, Trump só tinha Cruz e Kasich como adversários, sendo que, no início de Maio os dois desistiram após terem celebrado um acordo para derrotar o milionário. Por fim, o apoio do establishment aconteceu antes da Convenção, o que precipitou as movimentações dentro do Partido Democrata. As sondagens também começam a ser favoráveis ao empresário. 

O percurso de Trump desde o ano passado tem sido apenas e só de vitórias. No entanto, a única derrota que pode ter será a pior porque significa perder a Casa Branca. A questão é saber se o sistema norte-americano não muda caso o empresário não vença as eleições gerais. O que importa é o duelo com Hillary Clinton. Não será fácil para qualquer dos candidatos por causa do legado de Barack Obama. 

O grande derrotada acaba por ser Ted Cruz. O senador do Texas dizia que era a melhor solução quando perdia Estados consecutivos para Trump. Nunca conseguiu ganhar a simpatia do establishment numa altura crucial das primárias.

Sem comentários:

Share Button