sábado, 7 de maio de 2016

Oportunidade

A eleição de Sadiq Khan para presidente da câmara (mayor) de Londres é uma boa oportunidade para todos. Pela primeira vez uma capital de um estado membro da União Europeia será governada por um muçulmano.

A campanha eleitoral foi polvilhada por momentos menos felizes. O recém eleito foi acusado de ter ligações a extremistas muçulmanos. O principal candidato derrotado foi alvo de comentários anti-semitas. Esperemos que todos os envolvidos assumam os excessos que cometeram. Têm agora todos uma oportunidade para redimirem-se, reconhecendo que erraram.

É uma oportunidade para Sadiq Khan mostrar que a religião que professa-se não faz de ninguém um bom ou um mau político. As qualidades políticas não são dependentes da fé religiosa de cada um. A religião de cada um pertence à sua esfera privada e não deve misturar-se de um modo negativo com a esfera política.

A eleição de Khan é uma boa oportunidade para mostrar que a integração de imigrantes oriundos de uma matriz cultural distinta da Ocidental é possível e pode ser mesmo bastante positiva. Quem diria que um filho de imigrantes paquistaneses, cujo pai é motorista de autocarros, seria presidente da câmara de Londres?

Será, ainda, uma boa oportunidade para todos aprendermos a viver com uma nova realidade. Estima-se que os muçulmanos sejam cerca de 20% da população europeia daqui a aproximadamente 20 anos. Por essa altura deverá ser frequente termos políticos maometanos a ocuparem cargos elevados.


Assim estejamos todos à altura das circunstâncias e sejamos capazes de aproveitar a oportunidade.

Texto de João Vale Sousa

Sem comentários:

Share Button