domingo, 29 de maio de 2016

Olhar a Semana - Receber os turistas com obras

As recentes obras iniciadas pelo presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, são uma forma de eleitoralismo que prejudica a vinda de mais turistas. Não se percebe porque razão o autarca decidiu fazer de Lisboa um estaleiro. Não fazia mal fazer obras em determinados pontos da cidade de forma faseada, mas mudar o figurino da cidade a um das eleições levanta sempre a suspeita. 

Os milhares de turistas que chegam à capital não devem gostar de ver zonas como a zona ribeirinha ao pé do Cais do Sodré em obras, ao mesmo tempo que têm de aturar o mesmo filme em outras zonas da cidade. Seria mais inteligente fazer uma coisa de cada vez, mas Medina é exactamente como António Costa. Tem medo de perder eleições. O mais curioso é verificar o percurso do actual autarca. Medina também é comentador televisivo enquanto gere uma Câmara Municipal. As coincidências com o actual líder socialista são muitas. É impressionante como alguém consegue ser Presidente da Câmara e comentador da actualidade política. Não há dúvida que Costa actua sempre em primeiro lugar pelos interesses partidários ao colocar Medina como delfim. No entanto, o país verga-se à tomada de poder de um dos políticos mais fracos que Portugal conheceu desde a implantação da República. 

Após as eleições de 2017 não tenho dúvidas que iremos começar a ouvir notícias sobre uma eventual sucessão à liderança do PS por parte de Medina. Nessa altura Costa não vai gostar...

Sem comentários:

Share Button