Etiquetas

terça-feira, 10 de maio de 2016

Brasileirão

Numa semana tudo se alterou no Brasil. Coincidência ou não, Eduardo Cunha também foi suspenso do lugar que ocupava como Presidente da Câmara dos Deputados por suspeitas de corrupção. Isto é, no Brasil ninguém escapa, desde o antigo presidente até ao líder do congresso. 

O pior aconteceu a seguir.

O substituto de Cunha pretende repetir a votação do processo de impeachment a Dilma. Será que o novo líder também tem as mãos pouco lavadas? Ninguém sabe....O dono do Senado disse que não devolve o documento ao Congresso, mas será que vai conseguir isso? Também não sabemos...

No meio disto a única que continua incólume perante a justiça é a Chefe de Estado. No entanto, ocupa um cargo que não pode ser alvo da justiça, sendo necessário o impeachment para a levar à justiça. O problema é que se tem defendido muito bem e volta a ficar por cima do processo. 

Os brasileiros são conhecidos pelas boas novelas e futebol com qualidade. Estamos a assistir a autênticos dribles políticos que só vemos nas séries brasileiras, embora mais viradas para os dramas familiares. 

O que se passa na política brasileira é a degradação de um sistema que passou incólume durante anos, sem a justiça ou a população intervirem. Ainda não consigo perceber como a maior parte dos brasileiros pretendeu a mudança em 2014, mas mesmo assim, Dilma conseguiu vencer. 

Apesar das polémicas não conhecemos o próximo capítulo, não obstante sabermos que algo mais vai acontecer.

Sem comentários:

Share Button