sexta-feira, 8 de abril de 2016

O Panamá dos Estados Unidos

Nas primárias presidenciais norte-americanas estamos a assistir ao protagonismo dos candidatos que estão nas franjas do sistema ou mesmo fora dele, declarando-se frontalmente contra ele. A única candidata que é do sistema, e que é apoiada por ele, está a ter dificuldades surpreendentes para conseguir impor-se.

O caso Papéis do Panamá, do qual ainda poucos documentos foram revelados e onde não aparecem nomes dos EUA, mostra principalmente que titulares de cargos políticos ocultavam parte do seu dinheiro fugindo aos impostos. Esta situação provoca a descredibilização dos governantes, minando a confiança que os governados têm que ter neles e nas instituições que os governam.


O que o escândalo de origem panamiana tem vindo a revelar ajuda-nos a explicar, em parte, o sucesso que os candidatos não alinhados têm exibido. Veremos se durará até Novembro.

Texto de João Vale Sousa

Sem comentários:

Share Button