Etiquetas

quarta-feira, 20 de abril de 2016

Momentum decisivo para Clinton e Trump

As vitórias de Trump e Clinton em Nova Iorque são fundamentais para o momentum final dos dois candidatos. Na próxima semana os dois candidatos devem confirmar o favoritismo se conquistarem mais delegados do que os adversários. 

Os resultados mostram que existe um fosso entre os "frontrunners" e os outros, apesar de alguma resistência por parte de Sanders e Ted Cruz. O senador do Texas ainda acredita que vai dar a volta porque o establishment irá fazer tudo para evitar a nomeação de Trump. Neste momento, é o único motivo que pelo qual Cruz continua na corrida, já que, tem vindo a acumular derrotas humilhantes. A máquina do partido não quer o empresário, mas também duvida das capacidades de Ted Cruz. 

O único problema para Trump é não conseguir o número de delegados suficientes que lhe garantam a nomeação. A partir desse momento os jogos de bastidores serão desfavoráveis ao empresário, embora tudo pode mudar com a nomeação de um vice-presidente do establishment. Não se percebe como se reage desta forma à vantagem de Trump se não existe ninguém com capacidade para lhe fazer frente.

O grande mistério destas eleições é a manutenção de Kasich na corrida. O governador do Ohio nem sequer consegue ultrapassar Marco Rubio no número de delegados. O senador da Florida desistiu no mês passado. Ora, só se compreende a continuidade de Kasich como forma de influenciar a eleição do vencedor em troca de um lugar no governo. 

Sem comentários:

Share Button