sábado, 2 de abril de 2016

Figuras da Semana

Por Cima

Pedro Passos Coelho - O discurso do líder social-democrata na abertura do Congresso foi positivo e realista. Passos Coelho surpreende todos, em particular os que estão sempre a criticar, com demonstrações de carácter pessoal e político, o que significa aprendizagem com os erros. A falta de coerência é algo que nunca lhe poder ser apontado, ao contrário do que aconteceu com vários responsáveis que chegaram a primeiro-ministro.

No Meio

Bernie Sanders - O democrata conquistou cinco primárias na semana passada, mas a vantagem de Hillary Clinton continua a ser enorme. Sanders não deve garantir a nomeação, mas promete ir à Convenção. A única pergunta que se coloca é saber o que vai fazer a partir do momento em que Hillary Clinton ganhar a eleição até à Convenção. 

Em Baixo

Governo socialista - O executivo socialista continua a esbanjar dinheiro sem saber qual será o destino. Os 11 milhões que vão ser disponibilizados no Plano Nacional de Reformas não é mais do que propaganda. O executivo continua a apostar no investimento público em vez de procurar capital estrangeiro para investir no país. Nesta semana também assistimos a um evento público para assinalar o regresso dos feriados. Não se percebe porque razão António Costa tem que montar um espectáculo sempre que reverte uma medida do anterior governo. 

Sem comentários:

Share Button