Etiquetas

quarta-feira, 23 de março de 2016

Sucesso

Por paradoxal que seja os atentados em Bruxelas são fruto dos sucessos no combate ao Estado Islâmico (EI). Em primeiro lugar, porque existe a forte possibilidade que os ataques tenham sido cometidos devido ao receio que os terroristas tivessem que as informações que estão a ser fornecidas por Salem Abdeslam às autoridades pudessem levar à sua captura. Depois, porque no espaço de batalha da Síria e do Iraque o EI tem vindo a perder, pelo menos desde o início de 2015, paulatinamente controlo sobre o território que dominava. Ora, isso tem duas consequências. A primeira, é que estão a regressar a casa muitos dos combatentes que foram para o Levante combater pelo EI, sendo que outro factor importante tem sido a queda no preço do petróleo, que tem agravado as dificuldades de financiamento da organização extremista islâmica. Em segundo lugar, à medida que vai perdendo terreno o EI tenta com maior afinco expandir-se para outros locais (veja-se o caso da Líbia), ficando cada vez mais desesperado e perigoso. A vitória sobre o EI ainda não está assegurada, duras batalhas ainda nos esperam, mas com firmeza e determinação será possível derrotar a barbárie.

Texto de João Vale Sousa

Sem comentários:

Share Button