quinta-feira, 10 de março de 2016

A desilusão Marco Rubio

A prestação de Marco Rubio nas primárias tem sido um desastre. Neste momento, o senador da Florida conta com apenas duas vitórias no Minnesota e em Porto Rico. Na próxima semana será o grande teste do candidato porque a vitória garante a totalidade dos delegados. Na minha opinião é o tudo ou nada para Rubio, mesmo que o concorrente continue a disputar as eleições para ganhar delegados com o intuito de ser fundamental na nomeação republicana. 

O senador apresenta-se como o candidato do "establishment" e das elites do Partido Republicano. Curioso que Jeb Bush desistiu quando percebeu que não iria ter sucesso para facilitar a vida de Rubio. Mesmo assim, não houve progressos na candidatura. Na última terça-feira, não conseguiu ganhar delegados, perdendo terreno para Trump e Cruz, além de permitir a aproximação de Kasich. 

Neste momento, é o candidato que se sente mais pressionado porque os principais rivais pediram a sua desistência. O apoio do establishment pode ser visto como positivo e negativo. Embora conte com suporte de figuras importantes no partido, há muito que elas são contestadas por várias facções, como os apoiantes de Trump e o Tea Party que segura Ted Cruz. 

O oncservadorismo de Rubio faz sentido num país com as diferenças sociais norte-americanas. No entanto, o que está em jogo nesta eleição é saber se vence o 8 ou 80. Isto é, não há lugar para quem faz um discurso situado no meio destes dois números. 

Sem comentários:

Share Button