terça-feira, 8 de março de 2016

A derrota do Establishment

A obsessão do Establishment republicano contra Donald Trump tem prejudicado o candidato que conta com o apoio das elites. Neste momento, Marco Rubio só tem duas vitórias em Estados irrelevantes como são o Minnesota e Porto Rico. As primárias da Florida são cruciais para o senador, já que, o vencedor fica com todos os delegados. Ou seja, a vitória de Rubio catapulta-o para a recuperação, mas a derrota acaba com as últimas esperanças. 

A estratégia do establishment visa unicamente derrubar Donald Trump, sendo que, Ted Cruz também não é apreciado devido ao conservadorismo suportado pelo Tea Party. Perante este cenário, a única vitória que mantém a influência de homens como Paul Ryan, Mitt Romney, Mitch Mcdonnell no seio do Partido Republicano é a de Marco Rubio. No entanto, isso é um cenário cada vez mais improvável. No fundo, o establishment, que perdeu as eleições de 2008 e 2012 com John Mccain e Mitt Romney, está a pagar uma elevada factura. As outras tendências dentro do partido surgem como cogumelos para afastar o poder das elites e tornar o partido mais aberto. 

O aparecimento de Trump não é por acaso. Nada melhor do que lançar um milionário com capacidade de mobilização e persuasão para abanar o sistema. À medida que os resultados vão sendo apurados reparamos que o envolvimento à volta do empresário não pára de crescer. Fico impressionado com o número de vitórias alcançadas por Trump neste mês e meio. A corrida eleitoral tem os dias contados se Trump vencer no Ohio e Florida. A partir desse momento, o establishment tem de estar aberto a negociar com o futuro nomeado nos republicanos. 

Sem comentários:

Share Button