quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Eleição negativa de Trump

O caucus do Iowa foi uma derrota para Donald Trump porque esperava uma vitória para cimentar a candidatura à Casa Branca. O New Hamsphire é a segunda oportunidade para o candidato mostrar que tem força e popularidade junto dos norte-americanos. O empresário tem de vencer uma das primárias de Fevereiro para encarar a Super Terça-Feira com mais optimismo.  

A forma como tem feito a campanha não tem sido a mais inteligente porque só está a atacar o principal rival. A acusação de fraude eleitoral no Iowa por parte de Ted Cruz e respectiva repetição não pode ser levado a sério por uma pessoa que conseguiu na vida profissional construir um império. Ora, o milionário mostra uma faceta diferente nesta campanha eleitoral, preferindo optar pelos aspectos negativos. Nem Mitt Romney chegou a este ponto. 

A estratégia de Trump varia consoante o lugar que ocupa na classificação. Quando estiver em primeiro fala para o eleitorado, se descer para segundo ou terceiro lugar o alvo será Ted Cruz ou Marco Rubio. Ou seja, Donald Trump pretende passar ao ataque para mostrar que está por cima do rival mais próximo. 

O discurso do republicano tem sido sempre negativo, o que lhe provocou uma amarga derrota na primeira ronda. 

Sem comentários:

Share Button