Etiquetas

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Bernie Sanders obriga Hillary a dar o litro na campanha

A entrada de Bernie Sanders na corrida democrata à Casa Branca foi o melhor que aconteceu a Hillary Clinton. Todos previam um passeio da antiga secretária de Estado norte-americana até à eleição geral de Novembro, mesmo quando o senador do Vermont anunciou a candidatura. No entanto, as eleições no Iowa e New Hamsphire mostram o contrário. A ex-primeira-dama quer voltar à Casa Branca num papel diferente,, mas vai ter que lutar muito para conseguir a nomeação. Sanders vai obrigar Clinton a ter que ir a jogo e a falar sobre situações mais complicadas para a sua candidatura. 

As duas questões que a preocupam mais são as dúvidas relativamente à utilização do e-mail pessoal para questões de Estado e a falta de ideias com que se apresentou nos actos eleitorais realizados. Nos dois assuntos não se conseguiu defender preferindo optar por não responder às questões levantadas por Bernie Sanders. Tem sido uma constante nos debates e sessões de esclarecimento organizados pelos meios de comunicação social norte-americanos. A postura com que encara o adversário não é a mais correcta porque já lhe custou uma derrota pesada no New Hampshire e uma curta vitória no Iowa. Neste momento, Hillary ainda não cantou vitória com convicção. 

Nas sondagens Sandes tem vindo a encurtar distâncias, o que revela aumento de popularidade. A única forma de Clinton conquistar os norte-americanos passa por responder às perguntas mais difíceis, como tem acontecido no confronto entre os republicanos. Mesmo que não estejamos de acordo com a forma, os candidatos da direita não se refugiam no vazio quando são confrontados com questões mais complicadas. 

Sem comentários:

Share Button