quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Cristo avança para Belém



A decisão de Marcelo Rebelo de Sousa de tornar público a intenção de se candidatar à presidência da república deve ser conhecida nos próximas dias. A intervenção de Cavaco Silva sobre o futuro governo não deixa margem de manobra ao professor. Marcelo tem de revelar a disponibilidade em garantir a estabilidade das instituições democráticas nos próximos anos. Não tenho dúvidas que o professor tem as qualidades necessárias para gerar consensos. 

O professor não pode desperdiçar a única oportunidade que tem para chegar a Belém. O momento político é favorável até porque sem maioria absoluta, os partidos da direita colam-se ao candidato mais popular. Neste momento, Marcelo não precisa de suporte político porque a direita está fragilizada e o Partido Socialista encontra-se dividido nas questões presidenciais. O comentador conquista votos na direita, além de entrar no centro e também em certos sectores da esquerda. 

O caminho está aberto, faltando apenas escolher a data para o início da mobilização. 

1 comentário:

lidacoelho disse...

Estou com uma dúvida.
Será que não estão a querer empurrá-lo para esse lugar?

Share Button