terça-feira, 8 de setembro de 2015

Portas demolidor na defesa dos números económicos

O vice-primeiro-ministro defendeu bem as ideias da coligação para o país durante os próximos anos. Paulo Portas explicou bem os números da economia que são positivos, menos para a esquerda. Os partidos como o Bloco de Esquerda teimam em não reconhecer o mérito das pessoas e do governo na melhoria da economia e na redução do desemprego. Catarina Martins continua com o discurso habitual de que o trabalho é precário. Em certos casos até pode ser, mas Portas disse que cada um tem de lutar pela sua vida. No BE é só facilidades e o Estado é que tem de assegurar tudo e mais alguma coisa. 

Nota-se uma preocupação nos bloquistas em perder a representação parlamentar. Não acredito que haja mais deputados na próxima legislatura tendo em conta as posições que defendem. Na minha opinião o Bloco de Esquerda luta para ter o mesmo resultado que teve nas eleições europeias. Ou seja, a eleição de um único deputado. 


Sem comentários:

Share Button