sábado, 26 de setembro de 2015

Figuras da Semana


Por Cima

Coligação - As sondagens dizem que a coligação constituída por PSD e CDS vai-se manter no governo. A única dúvida é saber se consegue chegar à maioria absoluta. A campanha eleitoral para as legislativas tem sido muito semelhante ao que se passou no Reino Unido. À medida que se ia aproximando o dia das eleições, os partidos do governo ganhavam mais força. Os números sobre o défice por causa do Novo Banco deram esperança à oposição, mas no dia seguinte, Bruxelas confirmou que se tratava de um número contabilístico. Afinal foi mais um indicador que sopra a favor do executivo.

No Meio

Bloco de Esquerda -  Os bloquistas têm feito uma campanha interessante. Catarina Martins está em grande forma e parece que o seu trabalho vai ter frutos. A estratégica que tem adoptado também revela inteligência Critica o governo, mas deixou de atacar o Partido Socialista. Após a disponibilidade de fazer uma coligação de esquerda com os socialistas, a líder bloquista sabe que não pode pisar o risco. Isto é, não convém colocar tudo no mesmo saco. 

Em Baixo

António Costa -  O líder socialista aproveitou os números do INE sobre o buraco que o Novo Banco causou no défice para criticar o governo. No entanto, Bruxelas disse que se tratava de um número contabilístico. Ora, Costa não sabe como funciona o fundo de resolução. O pior acontecimento para o secretário-geral socialista foi o speaker de um comício em Leiria lhe ter chamado "palhaço". Num ápice o vídeo tornou-se viral. 

Sem comentários:

Share Button