Etiquetas

sábado, 5 de setembro de 2015

Figuras da semana

Por Cima

José Sócrates - A alteração da medida de coacção de José Sócratés em plena campanha eleitoral constitui um momento positivo para o antigo primeiro-ministro, que escolheu o momento certo para atrair todas as atenções. Não só mediáticas, mas também políticas. A primeira entrevista de Sócrates deverá ocorrer depois do debate entre Passos Coelho e António Costa. Tudo corre bem a Sócrates. Sai da prisão preventiva quando quer e num momenro em que a sua mensagem pode ser prejudicial para o seu partido. A partir de agora vai ser uma romaria ao número 33 da Rua Abade em Lisboa, com especial atenção se António Costa vai visitar o seu camarada. Isto está tudo a correr ao ex-primeiro-ministro, que volta o principal protagonista do país.

No Meio

David Cameron -  O primeiro-ministro deu o braço a torcer e vai permitir a entrada de mais refugiados no Reino Unido. Numa visita a Portugal o chefe de governo britânico reconsiderou algumas posições que tem tido nos últimos tempos. Podemos não concordar com o que se está a passar, mas não se pode deixar de ajudar. Cabe aos responsáveis encontrar respostas humanitárias e políticas para resolver o problema. 

Em Baixo

Viktor Órban - O responsável húngaro teve atitudes e declarações infelizes sobre a questão dos refugiados. Não abrir as portas do seu país é admissível, mas não devia tentar impedir as pessoas deslocarem-se para outros países, que mostraram disponibilidade para os acolher. Os países de Leste estão a ficar um pouco afastados das políticas de solidariedade que levou à construção da União Europeia. 

Sem comentários:

Share Button