Etiquetas

terça-feira, 15 de setembro de 2015

A primeira aliança de esquerda

O Bloco de Esquerda mostrou disponibilidade para fazer uma coligação pós-eleitoral com o Partido Socialista após as eleições de dia 4 de Outubro. O convite foi feito pela líder do partido no debate com António Costa na TVI24. A declaração apanhou de surpresa o secretário-geral socialista, bem como todos os que acompanham a campanha. António Costa não respondeu porque as exigências do Bloco de Esquerda passam por um recuo do PS no congelamento das pensões durante os próximos quatro anos. 

A estratégia bloquista é inteligente porque condiciona o PCP de fazer o mesmo, ou outro partido que venha a conquistar lugares no parlamento nacional. Neste momento, o PS fica refém da proposta porque se não aceitar governar com maioria absoluta deveu-se a egoísmo político. No entanto, o BE tem um problema que se chama representatividade. Ou seja, ninguém sabe que resultado o partido vai obter nas eleições e se conquista deputados suficientes para ajudar o PS. Por isto Costa não respondeu. 


Sem comentários:

Share Button