terça-feira, 9 de junho de 2015

Sócrates estragou tudo

A decisão de Sócrates em se recusar a ir para casa torna o processo político mais complicado de se resolver. Não se percebe porque razão o antigo primeiro-ministro andou a fazer campanha contra a justiça e a comunicação social para não aceitar a alteração da medida de coacção. Mais uma vez Sócrates quer fazer-se de vítima perante todos. 

Caso tivesse aceite a medida do juiz Carlos Alexandre, não tenho dúvidas que teria uma recepção de luxo. A partir de casa também poderia organizar melhor a sua defesa. Sócrates não sai de Évora porque quer castigar a justiça e colocar todos os agentes políticos do seu lado. No fundo, ainda não é o momento certo para abandonar a prisão. 

Talvez isso aconteça perto das eleições para criar mais impacto. Se isso acontecer quem fica a perder é o Partido Socialista e António Costa porque o foco estaria todo na libertação total do ex-primeiro-ministro e não nas ideias políticas do futuro. 

Sem comentários:

Share Button