segunda-feira, 1 de junho de 2015

Ainda há espaço para Marcelo Rebelo de Sousa

A candidatura de Rui Rio à presidência da República tira espaço a Marcelo Rebelo de Sousa e Pedro Santana Lopes para se afirmarem como a alternativa que a direita tem a António Sampaio da Nóvoa e Henrique Neto. O apoio do PSD ao antigo autarca da Câmara Municipal do Porto retira as legítimas aspirações dos dois antigos presidentes em contarem com a ajuda de Passos Coelho ou da nova direcção social-democrata que vier a ser eleita na eventualidade de uma derrota nas próximas legislativas. Neste aspecto, Santana Lopes estava mais à espera de ser o candidato oficial do que Marcelo Rebelo de Sousa. 

O professor ainda vai a tempo, mas tem de se decidir rapidamente. Na minha opinião fica a ganhar se for sozinho a jogo do que esperar por algum milagre. Devido à sua popularidade e pela forma como consegue cativar as pessoas com os seus comentários, Marcelo Rebelo de Sousa não deve ficar dependente de uma decisão que parece ser irrevogável. Neste momento o único dilema de Marcelo é saber se avança ou não pelo seu próprio pé. Penso que tinha todas as vantagens porque só há um candidato da direita e um de esquerda. Não há muita dispersão de candidaturas nos dois pólos. Nem o professor académico nem Rui Rio ocupam o centro e conseguem ir buscar votos aos apoiantes e militantes mais fervorosos do PSD e PS, ficando em aberto o espaço ocupado pelo CDS e aqueles que variam o seu sentido de voto entre os sociais-democratas e socialistas. 

2 comentários:

Marco Dinis disse...

Não concordo com um ponto que fala na sua análise. Marcelo não tem coragem, muito menos sem o apoio do PSD. Nisso é diferente de Santana Lopes. Aliás basta ver o perfil e o percurso dos dois. Um sempre à espera, o outro sempre com coragem de ir à luta.
Rui Rio a avançar, será como Costa, uma enorme desilusão. Não tem nada de novo a acrescentar, nem nada a dizer.
Triste cenário se ficarmos apenas com Rio e Nóvoa.

Francisco Castelo Branco disse...

Também acho que Rio não tem capacidades. Penso que lhe faltam ideias.

Share Button