Etiquetas

terça-feira, 2 de junho de 2015

Acusação de Sócrates

Não parece normal que o ministério público ainda não tenha deduzido acusação ao antigo primeiro-ministro, quando já passou meio ano desde a sua detenção. Tendo em conta que estamos perante um caso excepcional a justiça deveria ser mais célere e eficaz. No programa "Eixo do Mal", Daniel Oliveira colocou a hipótese desta só ser conhecida quando estivermos perto das eleições. Se esta situação vier a acontecer não é bom para o funcionamento da justiça nem ajuda ao esquecimento político deste caso. 

Ou seja, corremos o risco da campanha eleitoral ser marcada pelos crimes que o ex-chefe de governo eventualmente cometeu. Na minha opinião isto seria o fim da credibilidade de justiça. 

Uma vez que se trata do envolvimento de um antigo primeiro-ministro as autoridades deveriam ter mais cuidado nas consequências políticas devido ao tardio desenrolar do processo. Isso tem dado margem para José Sócrates utilizar os meios de comunicação social em seu favor, embora também tenha alguns jornais contra si. 

Sem comentários:

Share Button