terça-feira, 5 de maio de 2015

Uma grande confusão

O dia seguinte às eleições britânicas no próximo dia 7 promete ser uma grande confusão. Uma vez que nenhum dos partidos terá maioria absoluta, o mais certo é termos um governo de coligação. A dúvida existe por causa da existência do Partido Nacional Escocês, que tem direito a 55 lugares em Westminster se for a força mais votada na Escócia. Ora, a posição de Nicola Sturgeon não apoiar os conservadores baralha tudo já que os tories em conjunto com o UKIP e os Liberais-Democratas não conseguem chegar a uma maioria estável. Ou seja, dificilmente formarão um governo que dure os cinco anos. 

Outro ponto em discussão é a manutenção de David Cameron e Ed Miliband como líderes partidários, mesmo sem conquistar os objectivos a que se propuseram. Perante um resultado curto, o derrotado não vai abandonar o barco porque tem esperança numa nova oportunidade, enquanto que o vencedor reclama legitimidade para ser o próximo primeiro-ministro. 

Sem comentários:

Share Button