Etiquetas

quarta-feira, 27 de maio de 2015

A razão de Luís Figo

O antigo futebolista português, Luís Figo, desistiu da candidatura à presidência da FIFA por causa da corrupção na instituição. Hoje vários dirigentes foram detidos. Agora todos percebem porque o craque não levou a sua candidatura até ao fim. No entanto, deveria ter tido outra atitude e não desistir. Lutar até ao último instante era uma demonstração de carácter perante os poderes instalados. 

A organização que rege o futebol mundial tem de mudar, assim como a UEFA. Os principais responsáveis dos problemas existentes são Joseph Blatter e Michel Platini. Não há dúvidas que os dois dirigentes são os culpados pelo jogo de bastidores intenso na FIFA e UEFA, que depois se espalha para as restantes confederações. 

Os recentes acontecimentos devem parar o processo eleitoral. Não há condições para a realização das eleições porque tudo isto mina a credibilidade do candidato com mais força. No entanto, isso parece não afectar Blatter que ocupa o cargo como um ditador político.

Sem comentários:

Share Button