Etiquetas

segunda-feira, 4 de maio de 2015

A greve da vergonha não resultou

A greve dos pilotos da TAP tem sido um fracasso. Nos primeiros três dias a taxa de voos foi de 70%. Ou seja, os resultados pretendidos pelos sindicatos não tiveram o efeito desejado. Não será até ao dia 10 que os números vão mudar, mas o orgulho das entidades sindicais não permitirá que a greve seja desconvocada. Pela primeira vez em muitos anos até alguns partidos de esquerda estão contra os motivos desta paralisação parcial. Ora, para que esta situação não volte a acontecer o governo tem de privatizar a empresa o mais rapidamente. 

O problema desta greve, como muitas outras, é que não tem razão de ser. Podia ser contra a privatização, mas não. Uma transportadora aérea, tal como qualquer órgão de comunicação social público, não pode ficar dependente das vontades ideológicas dos sindicatos. Por esta razão concordo com a venda da empresa ao capital privado. Desta forma, os sindicatos terão menos possibilidades de se considerarem donos da empresa como acontece neste momento. 

Sem comentários:

Share Button