Etiquetas

segunda-feira, 2 de março de 2015

Um povo de emigrantes

O nosso povo sempre teve a ambição de procurar sorte profissional no nosso país. Não existe país neste mundo que não tenha um português. Tentar melhores condições de vida sempre foi o primeiro aspecto que está por detrás da saída de Portugal. Acredito que não seja fácil para uma pessoa abandonar Portugal, mas a falta de oportunidades e as condições em que muitos trabalham são razões legítimas para deixar outras coisas para trás, como é o caso da família. 

Perante isto não percebo porque razão alguns analistas insistem em associar à emigração as más políticas governativas do actual executivo. Sempre houve e haverá um fluxo migratório de Portugal para o estrangeiro em maior número do que a situação contrária. O facto de haver pouco emprego e alguma precariedade sempre foi um problema do país que não gera crescimento para proporcionar uma economia forte. 

O facto de haver tantos emigrantes portugueses em cada canto deste mundo também é positivo uma vez que a nossa marca é apreciada no estrangeiro. Como foi revelado pelo jornal i há um tempo atrás, os portugueses são um caso de sucesso. Não é só no futebol onde José Mourinho e Cristiano Ronaldo lideram que somos os melhores. Existem outras áreas de excelência que têm cidadãos nacionais como principais protagonistas. A emigração não tem de ser sempre vista como uma situação negativa. O problema é que em Portugal não há condições suficientes para os estrangeiros arriscarem numa vida profissional de sucesso. 

Sem comentários:

Share Button