sábado, 14 de março de 2015

Figuras da semana

Por Cima

Pedro Passos Coelho - Na semana passada coloquei Pedro Passos Coelho em baixo. Hoje está no topo devido à forma como, mais uma vez, encarou uma polémica em torno do seu nome. O primeiro-ministro foi ao Parlamento e não se furtou a responder, mesmo que isso o tenha prejudicado nas sondagens divulgasdas ontem pelos meios de comunicação social. A honestidade e a coragem de Passos não foram beliscadas com este caso. O resto são problemas políticos. Como escrevi no post "antes um prevaricador fiscal do que um cobarde político". Nem mais.

No Meio

José Mourinho e Carlo Ancellotti - As equipas treinadas pelos dois tiveram destinos diferentes nos oitavos-de-final da Champions League. O Chelsea caiu em casa perante o PSG e o Real Madrid seguiu em frente, mas esteve a um golo de ser eliminado pelo Schalke 04. Os técnicos foram alvo de críticas ferozes, apesar de continuarem com hipóteses de vencer os respectivos campeonatos. Ninguém coloca em causa a sua capacidade de treinador. No entanto, estão sempre sob a mira das críticas. Talvez por causa da sua personalidade.

Em Baixo

Yannis Varoufakis - Os dias passam e as notícias que saem são contraditórias. As responsáveis europeus dizem que a Grécia não se vai safar e o governo admite a possibilidade de não poder cumprir com as suas promessas eleitorais. Por sua vez, o ministro da Defesa ameaça a Europa com a abertura da fronteira aos jihadistas. Por último, a cereja em cima do bolo foi a reportagem do ministro das Finanças grego à Paris-Match em que mostrava o seu lado mais pessoal. Enquanto a Grécia sofre todos ficamos a saber o bom gosto de Varoufakis. O problema é que as soluções para combater a crise são zero. 

Sem comentários:

Share Button