sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Tony Blair tira o tapete a Ed Miliband

O antigo primeiro-ministro britânico, Tony Blair, tirou o tapete ao actual líder do Partido Trabalhista. Tony Blair afirmou que o Labour não vai conseguir derrotar os conservadores porque está a seguir uma política demasiado à esquerda, como tem sido as posições de Ed Miliband relativamente ao serviço nacional de saúde e o combate às grandes fortunas.

Numa altura em que Miliband até lidera nas sondagens, tudo o que o actual líder não precisava era disto. Embora Blair tenha desmentido as notícias publicadas no "The Guardian", a verdade é que já se sentia um clima desfavorável em relação a Miliband, em particular por parte dos seus antecessores, Blair e Gordon Brown. A opinião de Blair vem confirmar que Ed Miliband nunca vai conseguir ganhar o Partido Trabalhista. Se vai vencer o país já é outra coisa. No entanto, o clima interno é mais favorável ao actual primeiro-ministro, David Cameron, do que ao líder da oposição. E quando assim é.....

O que se está a passar com Miliband não é virgem no mundo da política. Em Portugal António José Seguro também teve de ser retirado à força da liderança do Partido Socialista apesar das duas vitórias eleitorais. 

O líder trabalhista pode ter contra si algumas vozes importantes, mas tem a seu favor a liderança nas sondagens quando faltam cinco meses para as eleições legislativas. Por todos estes factores agora não é altura de questionar a sua legitimidade em liderar a oposição. As críticas de Blair seguem a linha da maioria, mas chegam em má altura. Por essa razão, o ex-primeiro-ministro teve necessidade de desmentir aquilo que os britânicos leram. 

Sem comentários:

Share Button