Etiquetas

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

A vítima que é Sócrates

A cada entrevista que Sócrates dá desde o Estabelecimento Prisional de Évora fico com a sensação que o antigo primeiro-ministro gosta de estar detido porque assim consegue manipular a opinião pública como se estivesse a governar ou em campanha eleitoral. Duvido que o objectivo principal do ex-chefe de governo seja interferir na investigação judicial. 

Ao longo de toda a sua carreira política, Sócrates só se preocupou com a sua imagem pública não tendo problemas em deturpar os factos para continuar no poder. Pensava que este susto poderia ter um efeito diferente em Sócrates. Mas não. Continuamos a assistir ao mesmo de sempre, sem alterar uma vírgula. 

Quando Sócrates sair cá para fora temo que haja um espectáculo mediático à porta do Estabelecimento prisional, bem como na vida política nacional. Por esta razão a oposição ao Partido Socialista vai aproveitar para utilizar o caso Sócrates na campanha eleitoral com o objectivo de denegrir e colocar em causa a imagem dos socialistas. É possível que outras pessoas sejam arrastadas na lama com o antigo primeiro-ministro. 

Nos últimos tempos temos verificado que quem foi dono do poder durante muito tempo e agora o perdeu tem lidado muito mal com essa situação, como aconteceu com o caso BES. Sócrates perdeu o poder político, o poder mediático e agora a sua própria liberdade. 

Sem comentários:

Share Button