terça-feira, 6 de janeiro de 2015

À procura do melhor talento

O princípio do ano nos nossos meios de comunicação social tradicional é marcada pelo regresso dos concursos que procuram o melhor talento nacional em diversas áreas. Tem sido uma tradição na nossa televisão dar palco a ilustres anónimos e transformá-los em estrelas de música. Esta situação nem sempre acontece porque muitos dos vencedores perdem-se pelo caminho.

Neste tipo de programas a ilusão é maior do que a realidade. Ninguém se responsabiliza por uma eventual desmoralização do concorrente a quem lhe é prometido mundos e fundos porque quem sofre é sempre ele. 

Devia haver uma maior transparência e regras nos programas que têm como único objectivo criar mediatismo à volta de um novo herói. De facto, à falta de aparecerem novos talentos pelas vias normais devido aos poucos recursos, arranjam-se estas ocasiões para criar um sentimento de "nova vaga". 

Sem comentários:

Share Button