Etiquetas

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Súbitos aparecimentos de António Guterres

O antigo primeiro-ministro, António Guterres, tem sido visto na comunicação social portuguesa. Em primeiro lugar na visita a José Sócrates ao Estabelecimento Prisional de Évora e, mais tarde, nas comemorações dos 90 anos de Mário Soares. Guterres não foi ao almoço de quase 300 pessoas, mas apareceu nas câmaras de televisão sozinho.

Ninguém pode criticar as acções de Guterres, porque, tanto na visita a Sócrates como no abraço a Mário Soares estão questões pessoais. No entanto, estes dois passos têm análises políticas uma vez que Guterres está na linha da frente para ser o candidato socialista às próximas presidenciais. Embora o próprio já tenha dado a entender que não, todos sabemos como funciona a política.

Nas duas situações o ex-primeiro-ministro apareceu sozinho. Ou seja, não estava envolvido no meio de outros dirigentes cujo microfone seria impossível de mostrar. Quer isto dizer que o aparecimento de António Guterres nas duas circunstâncias foi mais estratégia do que o puro acaso.

Sem comentários:

Share Button