Etiquetas

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

O fim político de Sócrates

A detenção de Sócrates coloca um ponto final nas aspirações do ex-primeiro-ministro de pensar numa eventual candidatura à Presidência da República apoiada por António Costa. As implicações políticas deste caso denominado "Operação Marquês" são irreversíveis. Mesmo para alguém que se auto-intitula um animal feroz. 

O mal está feito e a opinião pública não vai novamente perdoar ao antigo chefe de governo. Mas não só. Duvido que dentro do próprio Partido Socialista haja vontade de voltar a contar com o "querido líder" depois destes acontecimentos. António Costa foi o primeiro a demarcar-se de tudo aquilo que se poderá passar no futuro, haja ou não prisão preventiva ou condenação. 

A questão é saber como vai agir José Sócrates daqui para a frente, independentemente das procedimentos jurídicos. 


Sem comentários:

Share Button