terça-feira, 18 de novembro de 2014

Morreu o ténis em Portugal

Fim da linha para o maior torneio de ténis em Portugal. O Portugal Open, ex-Estoril Open já não vai ser montado no Jamor em 2015. Após muitos anos a tentar salvar o torneio a direcção do ATP decidiu retirar o torneio português do calendário internacional.

Há muito que a morte do torneio já estava anunciada. A culpa não é da crise, mas dos responsáveis do torneio que, durante anos, não souberam realizar um torneio digno, preferindo transformá-lo numa passerelle para Vips, onde a maioria das pessoas entrava no recinto à borla, mas o que tinham de pagar desembolsavam quase 25 euros por dia, 

Aqueles que gostam de ténis ficam tristas, embora não tenham sido eles os principais consumidores das várias edições. Esse privilégio coube a várias personalidades que faziam do Estoril Open uma feira das vaidades. Posto isto era difícil que a organização tivesse receitas. 

O responsável pelo torneio, João Lagos, fica ligado à morte do ténis em Portugal. Com isto é previsível que o número de praticantes desça significativamente. 

Sem comentários:

Share Button