domingo, 10 de agosto de 2014

Olhar a semana - Desafios de Passos Coelho

No próximo fim-de-semana o PSD faz a sua reentré política com o habitual discurso de Passos Coelho na festa do Pontal. O próximo ano vai ser muito importante para os laranjas porque temos legislativas. Tendo em conta que o PS está em campanha eleitoral interna e não só, está na altura para desvendar alguns mistérios como é o caso da possibilidade das eleições virem a ser antecipadas e se o PSD vai efectuar uma coligação pré-eleitoral com o CDS. Em relação a este tema, deve haver uma sintonia de timing entre os líderes dos dois partidos da coligação, mas também é preciso desvendar um pouco o véu.

Com o desemprego a baixar e a economia a recuperar o Primeiro-Ministro tem motivos para acreditar numa vitória. Os comentadores que costumam andar ao sabor do vento (veja-se como deram a morte antecipada do Benfica esta temporada) estão a ser apanhados de surpresa com a evolução dos números relativamente à economia e que dão folga ao executivo. 

Numa altura em que o PS está profundamente dividido é altura para o PSD mostrar união. E o seu líder tem de fazer um apelo nesse sentido uma vez que o Partido Socialista pode muito bem vir a ficar fracturado após as primárias do próximo mês de Setembro. Por outro lado, a rápida resolução do caso BES também ajudou ao governo ser visto com confiança pelos eleitores. Não se trata apenas de falar para os sociais-democratas, mas também ter uma visão mais eleitoralista. 

As sondagens mostram que o PSD está a 5 pontos percentuais do PS e a actual maioria já consegue ultrapassar os socialistas. No entanto, para chegar à maioria absoluta é preciso mais, sendo que talvez seja preciso introduzir uma medida mais eleitoralista no próximo Orçamento de Estado. A dúvida é saber se baixa o IVA ou o IRS. Um deles vai ter que ser alterado. 

Estes são os desafios com que o líder do PSD enfrenta nos próximos tempos, quer como líder partidário e chefe de governo, pelo que o tema presidenciais vai ter que esperar para depois das legislativas, até porque esse vai ser um debate que irá abrir fissuras no seio do PSD.

Sem comentários:

Share Button