domingo, 24 de agosto de 2014

Olhar a Semana - Como um comentário pode tramar um primeiro-ministro

O antigo líder do PSD e actual comentador da SIC está armado em bufo ou fonte oficial do governo. Na minha opinião Marques Mendes pretende ocupar o primeiro lugar uma vez que o executivo tem a sua máquina de imprensa montada. O analista disse que o IVA iria aumentar para 24%, mas o primeiro-ministro desmentiu esta notícia. Todos sabemos que o imposto irá subir para 23,5% e não chegará aos 24. No entanto, Marques Mendes decidiu aumentar 0,5 ao que estava inicialmente previsto. 

Ora, das duas uma: ou o comentador da SIC quer fazer sombra a Marcelo Rebelo de Sousa no que diz respeito a protagonismo mediático ou então pretende causar dificuldades ao primeiro-ministro. Não vejo outras hipóteses para além destas. No fundo é um pouco dos dois já que quem fica de fora da governação tem sempre mais dificuldade em aceitar o sucessos dos outros, ainda por cima a partir do momento em que as revelações de Mendes começaram a ser uma realidade, o comentador nunca mais parou. Contudo, uma informação falsa vai afectar a credibilidade do actual analista da SIC. Um outro problema é que Marques Mendes quer fazer papel de jornalista no seu próprio programa quando a sua tarefa é comentar as informações que os profissionais comunicam. O programa não se chama "Jornal do Marques Mendes, mas comentário de Luís Marques Mendes. De facto, este novo caso faz-nos pensar sobre o que a exposição mediática faz às pessoas. 

Como todas as pessoas que ouviram a notícia a primeira reacção foi culpar o executivo, em particular o primeiro-ministro. Na minha opinião Passos Coelho fez bem em desmentir a notícia e responsabilizar Marques Mendes. No entanto, ainda fica a dúvida que vai ser esclarecida no início da próxima semana. 

Sem comentários:

Share Button