Etiquetas

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Ainda há espaço para a discussão sobre o regime

Por muito que se queira tentar tapar o sol com a peneira, a República ainda não está consolidada. Ainda existe algum descontentamento por parte da sociedade portuguesa em relação ao funcionamento das instituições bem como sobre a idoneidade e competência daqueles que as representam. 

É nesta insegurança que os monárquicos apostam tudo. Não acredito que em Portugal possa haver uma mudança de regime, da mesma forma que em Espanha a Monarquia é uma instituição respeitável e que tem credibilidade. O problema no nosso país é que as instituições que suportam a República estão a ser levadas para o buraco da agulha, sem haver possibilidade de retorno em matéria de credibilidade. No entanto, com a Monarquia apenas mudaria a figura do presidente para o Rei, nada mais, já que o poder legislativo, executivo e político mantinham-se na esfera parlamentar. O que se tem de fazer no nosso país é mudar os actores políticos, alterar a orgânica dos partidos e reforçar a fiscalização. Sem estas três componentes vão continuar a subsistir dúvidas e permitir aos monárquicos sonhar com uma alteração de regime. Por muito que a República esteja solidificada a verdade é que será sempre possível realizar uma consulta popular em relação a esta questão. Veja-se a forma como a Catalunha vai efectuar um referendo sobre a sua própria independência, mesmo contra a constituição. Não é a realização em si que se deve temer, mas os resultados, independentemente de ganhar o Sim ou Não.


Sem comentários:

Share Button